Dirigindo

Como Funcionam os Pedágios na Europa

Olá ViajAndos©, estamos aqui novamente com excelentes 💡 DICAS para uma viagem tranquila de carro.

Falaremos sobre Pedágios na Europa.

Quando pensamos em alugar um carro no exterior e curtir a viagem dirigindo, logo vem uma série de dúvidas, medos ou receios. É verdade, não é fácil decidir.

Mas viajar de carro dá uma sensação de liberdade exuberante. Você fará seu roteiro, mas poderá desviar da estrada para conhecer uma cidadezinha quando e onde quiser. Será o piloto e comandante desta aventura chamada VIAGEM.

E hoje, com aplicativos tipo Waze 🙂 , ou mesmo um GPS, tudo fica muito mais fácil. Fizemos uma longa viagem entre final de 2016 e início de 2017 com duração de 30 dias pela Europa e tudo de carro. Retiramos e entregamos nosso carro em Berlim, Alemanha. Foram 5 mil quilômetros. Fosse no sistema antigo, utilizando mapas para se localizar, provavelmente não teríamos seguido em frente no projeto, muito complexo. Mas com os aplicativos de hoje, parece que você já conhece a estrada. Mas atenção, dirija sempre com muito cuidado e prudência.

Veículos Alugados que Podem ou NÃO Circular pela Europa

Descubra como Estacionar o Carro na Europa

Após este pequeno incentivo ao seu projeto de dirigir pela Europa, vamos conversar rapidamente sobre pedágios.

Não conhecemos todos os países e suas formas de pedágios, então vamos falar sobre o que conhecemos e vivenciamos. Ou até os que não conhecemos, mas pesquisamos muito. 😉

Alemanha: Não tem pedágio. Há um estudo para implantação. Pouco provável.

República Tcheca, Áustria, Bulgária, Hungria, Romênia, Eslováquia, Eslovênia e Suíça: Assim que entrar dirigindo em um destes países, pare no primeiro posto de combustível na estrada e compre o Vignette (adesivo ou selo-pedágio) que deverá ser colado no vidro dianteiro, conforme instruções no próprio Vignette. Em caso de dúvida, onde e como colar, pergunte a alguém na loja. Guarde a outra parte do bilhete com você. Com o bilhete colado, não haverá necessidade de parar em alguns pontos (que parecem pedágios) distribuídos pela estrada. Se houver uma parada obrigatória (tipo uma blitz), você estará dentro das regras. Caso contrário, haverá multa e até apreensão do veículo. Quanto ao preço do Vignette é variável de acordo com o país e o tempo de validade, que vai de sete dias até um ano. Na conversão oficial da moeda em outubro de 2017 tínhamos:

República Tcheca:

  • 10 dias = 310 CZK = R$ 46
  • 1 mês = 440 CZK = R$ 65
  • 1 ano = 1.500 CZK = R$ 220

Áustria:

  • 10 dias = €8.50
  • 2 meses = €24.80
  • 1 ano = €82.70

Bulgária:

  • 7 dias = 10 BGN = R$ 20
  • 1 mês = 25 BGN = R$ 50
  • 1 ano = 67 BGN = R$ 130

Hungria:

  • 7 dias = 2.975 RUF = R$ 37
  • 1 mês = 4.780 RUF = R$ 60
  • 1 ano = 42.980 RUF = R$ 525

Suíça: só tem o anual

  • 1 ano = 40 CHF = R$ 130

Romênia:

  • 7 dias = 12.97 RON
  • 1 mês = 30.26 RON
  • 90 dias = 56.19 RON
  • 1 ano = 121.03 RON

Eslováquia:

  • 7 dias = €7
  • 1 mês = €14
  • 1 ano = €50

Eslovênia:

  • 7 dias = €15
  • 1 mês = €30
  • 1 ano = €110

Em nosso caso, havíamos saído de Berlim com destino a Praga, na República Tcheca e não tínhamos CZK (coroas tchecas). No primeiro posto de combustível onde paramos para comprar a Vignette, aceitaram Euros, mas não lembro o valor em Euros. Mas com certeza você perde na conversão em casos como este. Tudo bem! O valor não é expressivo.

Pedágios 1 ps

Na saída da República Tcheca, entrando na Áustria, paramos no primeiro posto e já compramos a Vignette válida para a Áustria e Eslovênia. Interessante, que neste posto para usar o banheiro pagamos €1 cada. Lá é assim. Caro né?

Países como França, Itália, Espanha e Portugal utilizam equipamentos eletrônicos anexados ao para-brisa do veículo (tipo Sem Parar), mas se não tiver, também aceitam cartões e dinheiro. Bom, aqui é necessária muita atenção.

Itália: Ao entrar na Itália, passando pelo primeiro pedágio, pare e pegue o ticket, que já estará na máquina para ser retirado e siga em frente. Ao sair da estrada você encontrará o pedágio para pagar. Vá devagar e veja nas placas acima de cada cabine o que aceita (“sem parar”, cartão ou dinheiro). Assim que você colocar o ticket, a máquina lhe dará o valor a ser pago. Se você vier pela Eslovênia e ir até Veneza será um valor. Se seguir até Florença será outro e assim por diante. Claro, quanto mais andar na estrada mais irá pagar. E quando sair de Veneza para Florença, por exemplo, será o mesmo procedimento: pare e pegue o ticket e siga em frente.

Pedágio 2 ps

Na Itália foi onde mais “apanhamos”. 😯 Em um determinado trecho, paramos o carro para pagar, inserimos o ticket na máquina e quando apareceu o valor na tela, percebemos que não tinha onde colocar dinheiro nem moedas. Após uns 30 segundos sem nossa ação, “surgiu” uma voz do nada pedindo para inserir o cartão. Pensamos: Cartão?????? Que cartão?????? Ai caramba!!!!!! Inserimos o cartão de crédito e nem precisamos digitar a senha … estranho … mas foi cobrado corretamente em nossa fatura posterior.

Então, fica a 💡 dica: calma, muita calma. Não se preocupe com os carros que estão atrás. Deixe buzinar sem ficar nervoso. Calma. Tudo vai dar certo. 🙂

 

França: Também tem o sistema de ticket. Mas em alguns pontos específicos, você poderá ser surpreendido pelo valor elevado. Ocorreu quando estávamos chegando em Chamonix Mont-Blanc. Para passar por um túnel de pouco mais de 12 km e entrar na cidade, tivemos que pagar um pedágio de mais de €60. Assim que paga recebe um folheto explicando como andar pelo longo túnel: não pode parar na via; velocidade máxima 70km/h; e mínima 50km/h; manter distância de pelo menos 100 metros do carro da frente.

É um túnel de 12 quilômetros de extensão, imagina … se ocorrer algum problema com o veículo???? Se bem que existem áreas de escape a cada 500 metros … talvez.

DICA: 💡 mantenha os faróis acesos, não só nas estradas como também nas cidades, mesmo que seja dia e tenha Sol. É obrigatório. É seguro. Respeite os limites de velocidade. Entrando nas cidades, dê preferência aos trens, ônibus, ciclistas e pedestres. 😎 Se beber não dirija.

Pedágio 3 ps


No mais, é isso aí.

Espero que tenham gostado da matéria.

Acompanhe a gente e fique ligado em roteiros maravilhosos e sempre dicas incríveis de viagem.

Por falar em DICAS, já leu estas:

Planejando uma Viagem Gastando Pouco

Sem Dinheiro para Viajar?

Cinco Razões para Viajar com Crianças Pequenas

Pensando em hospedagens, passeios e locação de veículos? Consulte nossos parceiros. Não pagará a mais por isso e terá tudo à mão. Clique nos links acima e aproveite os melhores lugares, preços e condições de pagamento.


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s