Copenhague

Copenhague – 2 ou 3 Dias na Cidade do Tivoli e da Pequena Sereia

Olá ViajAndos®, pessoal que adora e curte uma viagem. Finalmente chegamos em Copenhague. A seguir iremos contar como foi nossa aventura por aqui … que cidade impressionante.

Para acompanhar este roteiro de 30 dias pela Europa desde o início, clique em Antuérpia, a Capital dos Diamantes, onde tudo começou. De lá, Trem para Roterdã e Amsterdã, Avião da Transavia para Helsinki, Navio da Viking Line para Tallinn, Avião da LOT para Estocolmo e mais quatro Aviões da Norwegian para Copenhague, Oslo, Reykjavík e Londres e por fim um Trem Eurostar até Bruxelas. Ufa!!!!!!! Então, não perca!!!!!!!


Saímos de Estocolmo e depois de 1h10 estávamos pousando no aeroporto de Copenhague em um voo direto pela companhia aérea norueguesa Norwegian. Nossas malas chegaram sem qualquer problema. Só recordando que em Estocolmo nós que imprimimos, etiquetamos e despachamos nossas malas e carrinho, sem o auxílio de ninguém. Ufa!!! 😎

Malas em mãos, fomos andando até encontrarmos as máquinas para compra de bilhetes de trem e, com ajuda de um funcionário, compramos nossos tickets de trem que nos levaria até a Estação Central de Copenhague. O pagamento foi em coroas norueguesas. 💡 DICA: viaje sempre com um pouco de moeda desses países europeus que não utilizam Euro, pois você poderá precisar. Se não tiver, troque um pouco de Euro já no aeroporto, mesmo que perca um pouco na conversão.

Se não quiser correr o risco de carregar muita grana viva, poderá adquirir um cartão pré-pago de viagem.

Depois de 14 minutos de trem, chegamos à Estação Central de Copenhague. Já passava das 14h30 e ainda não tínhamos almoçado, somente um lanche, então resolvemos “beliscar” alguma coisinha na própria estação.


Nosso apartamento Magstræde Central Apartment III ficava a 1,2 km da Estação Central e resolvemos ir a pé mesmo. Carregando as malas e mochilas, confesso que não foi fácil, mas sempre evitamos pegar um taxi, a fim de sentir o clima da cidade mesmo. Mas vou te falar, passamos por ruas de paralelepípedos que eu tive que levantar as malas para poder andar. 😉

O tempo estava bom. E estas foram as primeiras impressões da cidade. Ao chegarmos em nosso apartamento, tínhamos o código de acesso e a instrução que dizia: “coloque seu código de acesso e quando a luz passar de vermelho para verde, abra a porta com calma”. Foi o que fizemos e ao abrir a porta, aquela escadaria (nosso apartamento era no terceiro e último andar). 🙂 Mas era muito bom, espaçoso e perto de tudo, perfeito para nós.

Sempre ficamos em apartamentos, o que nos dá mais liberdade. Assim, podemos preparar nosso café da manhã e normalmente jantamos em casa. Dessa forma nos sentimos mais cidadãos da cidade.

Em uma porta de madeira marcava a data: 1790. 😯

Caso este apartamento não seja adequado ao seu grupo, entre aqui em Booking.com, nosso parceiro, e descubra outras opções na cidade de Copenhague, sendo que o ideal é ficar próximo ao Centro, pois poderá conhecer os principais pontos turísticos da cidade a pé.

Eram 16h00. Descansamos um pouco. Escureceu e às 18h00 fomos dar uma volta pelo bairro, a fim de conhecer e respirar um pouco este ar dinamarquês. Era dia 26 de dezembro e a cidade ainda estava enfeitada com luzes de Natal. 😎

Passamos por um restaurante bem pitoresco, com cadeiras estofadas e os cobertores nos “convidavam” à entrar. Estava bem frio, mas em vez de ficarmos na parte fechada, resolvemos ficar nas mesas de fora para apreciar a paisagem e o movimento, e claro, o garçom acendeu o fogareiro para nos aquecer. Foi bem gostoso.

Voltamos para casa, banho e cama. Amanhã teremos muito para andar. Iremos conhecer o Parque de Diversões Tivoli. Não perca!!!!! 😎


Copenhague, em dinamarquês København, é a capital e maior cidade da Dinamarca e a cidade mais visitada dos Países Nórdicos.

Repetidamente é reconhecida como uma das cidades com melhor qualidade de vida do Planeta e uma das cidades com maior número de ciclistas no Mundo, o que faz dela uma das mais ecológicas, sendo também considerada a cidade mais limpa da Europa. Uau 😎 Vem prá cá!!!!!!!!!!

Aqui estão a sede do Governo e a residência oficial dos membros da Família Real Dinamarquesa. É isso aí, aqui também tem Rei, quer dizer, Rainha. 😎 Juntamente com a Inglaterra, é a monarquia mais antiga da Europa. E desde 1972, a Rainha Margarida II está no trono do país, que, além da Dinamarca, inclui também a Groenlândia e as Ilhas Faroé.

Seu filho Frederico é o Príncipe Herdeiro da Dinamarca. Que chique!!!!!

O Palácio de Amalienborg é considerado pela Rainha o seu lar. A família usa o Palácio de Christiansborg para atos oficiais, audiências, recepções e banquetes.

A língua dinamarquesa é uma língua germânica do norte e é bastante semelhante a outros idiomas escandinavos, como o sueco e o norueguês. É falada pela grande maioria dos quase seis milhões de habitantes do país. Conclusão: não dá para entender nada. 😯 Então, fomos no nosso inglês mesmo.


Acordamos cedo, café e rua … fomos em direção ao Parque Tivoli … dia frio e nublado. Às 9h00 da manhã, temperatura 4°C. Nem estava tão frio vai? 😎 Mas a sensação térmica era de -2°C.

Antes de chegarmos ao Tivoli, ainda passamos pelo Nationalmuseet (Museu Nacional da Dinamarca, pela Københavns Rådhus (Prefeitura), pelo Københavns Museum (Museu de Copenhague) e outros.

Jardins de Tivoli, Parque Tivoli ou simplesmente Tivoli é um grande parque de diversões inaugurado em 1843 😯 e fica localizado bem em frente à Estação Central da Cidade, no Centro de Copenhague. Se estiver em cidade próxima, pegue um trem e venha passar o dia aqui, é bem legal.

Percebi que o valor do ingresso varia de acordo com a época do ano. Estávamos no dia 27 de dezembro e o ingresso simples, que dá acesso ao Parque, custou DKK 120 para cada adulto e DKK 50 para crianças de 3 a 7 anos, caso do Felipe, totalizando DKK 290 ≅ € 40. Para brincar em alguma atração, com este tipo de ingresso, você tem que comprar tickets individuais. Cada ticket custou DKK 25 ≅ € 3,50. Existem brinquedos que utilizam 1, 2 ou 3 tickets. Os de criança pequena utilizam 1 ticket.

Você poderá adquirir este tipo de ingresso simples antecipadamente e com acesso prioritário e sem fila, clicando aqui.

Agora, se você quiser um acesso ilimitado e curtir todos os brinquedos do Parque quantas vezes quiser, clique aqui e reserve já.

Passeamos e brincamos. Aqui tem muita atividade.

Bateu aquela fominha e almoçamos no Vapiano, que tem acesso pelo Parque. A gente adora este restaurante, não só pela culinária italiana (nossa preferida), mas por ser bem descontraído.

Quando entramos no Parque, recebemos uma pulseira e esta nos deu acesso na volta do almoço, sem custo, claro.

Ficamos pelo Tivoli até anoitecer. Choveu. Brincamos um pouco mais. Felipe deve ter andado uns 100 km 🙂 no carrinho bate-bate. Foi bem legal. Amamos, claro.

Assista o vídeo abaixo do Tivoli, sensacional!!!

Nos países europeus na época de Inverno escurece cedo, por volta das 16h00, e como estava muito frio resolvemos voltar para casa, tomar um banho bem quente para aquecer, preparar nossa janta e descansar.

20171227_175522

Olha o Felipe “armando uma caminha” com as almofadas do sofá. 🙂 


Acordamos cedo novamente. Claro gente, apesar de estarmos em férias, estamos na Europa, no Inverno, e aqui tem muita coisa para fazer e conhecer. O dia claro vai praticamente das 9h00 às 16h00. Depois anoitece.

Hoje nosso passeio será bem longo. E o tempo estava bem aberto e ao final, fomos abençoados com um maravilhoso Pôr do Sol e uma Lua Cheia. Então, se prepare.

O roteiro abaixo vai de nosso apartamento até Den Lille Havfrue, a Pequena Sereia. Depois voltamos por outro caminho e aí conhecemos mais. 🙂

Lembre-se, entre um ponto e outro no mapa, existem diversas atrações que não estão elencadas aqui, como outros pontos turísticos, praças, feirinhas, lojas, museus, igrejas, diversões para crianças, etc., portanto não leve em consideração o tempo no mapa. Além do que, em 99% das vezes, seguimos nossos instintos e não necessariamente o mapa. 😎 Então DIVIRTA-SE. 🙂

Saímos em direção ao Christiansborg Slot – Palácio de Christiansborg, que, além de palácio, é também sede do Parlamento Dinamarquês, Escritório do Primeiro Ministro e da Suprema Corte da Dinamarca. É também utilizado pela monarquia em recepções reais e banquetes.  No caminho passamos pelo Kulturministeriet – Ministério da Cultura.

Depois seguimos até o Bibliotekshaven – Jardim da Biblioteca Real. Aqui você encontrará, além de um belo jardim, uma escultura do filósofo dinamarquês Søren Kierkegaard e a Det Kongelige Bibliotek – Biblioteca Real de Copenhague.

Fomos então para o Nyhavn – Porto Novo. Com casinhas coloridas e arquitetura do século XVII, é uma das áreas mais populares da Cidade, repleta de restaurantes, bares e cafés. Se no Inverno estava movimentado, imagina no Verão. 😎

Atravessamos a Inderhavnsbroen, uma ponte para ciclistas e pedestres a fim de achar o restaurante Papirøen (uma indicação), mas toda a área estava em reforma. Não encontramos o restaurante. No Google Maps existem vários por aqui, mas tudo fechado.

Retornamos ao Nyhavn e almoçamos por lá mesmo e foi muito bom. Deste Canal saem passeios de barco com duração de uma hora. E você verá a cidade e diversos monumentos por um outro ângulo. Para reservar, clique aqui.

Fomos agora em direção ao Kastellet, passando pelo Ameliehaven, um parque bem bonito que fica em frente ao Amalienborg Slot – Palácio de Amalienborg, residência oficial de Inverno da Família Real Dinamarquesa.

Andando um pouco mais, demos de cara com a David Udført af Michel Angelo – Florents – 1503, uma réplica da Estátua de David, de Michelangelo, feita em bronze. A estátua faz parte de uma das 2.500 peças da Kongelige Afstøbningssamling, Coleção Real Dinamarquesa, que datam desde a antiguidade até a renascença (2500 a.C até 1600), mais de 4 mil anos de história.

Depois passamos pela Gefionspringvandet, Fonte de Gefion e, para concluir este primeiro percurso do dia, chegamos à Den Lille Havfrue, a Pequena Sereia. Ela representa um personagem de um dos contos infantis do escritor Hans Christian Andersen. 

Lemos muitos depoimentos frustrantes sobre a estátua (como tamanho, posição, limpeza, etc), dizendo que não valia a pena vir até aqui.

Sou contrário a esta opinião. Tem que vir sim. É um personagem da literatura infantil e vale a pena o passeio, pois além da estátua, esta região é maravilhosa.

Para se ter uma ideia, talvez este seja meu post com o maior número de fotos, e olha que foi difícil escolher. E ainda não acabou. 😎


Vamos à segunda parte deste roteiro de hoje, agora voltando para casa e apreciando este maravilhoso Pôr do Sol. 😉

20171228_151308

Voltando em direção à Gefionspringvandet, Fonte de Gefion, você irá beirando o Kastellet, uma das fortalezas mais bem preservadas do Norte da Europa. Diversas construções compõem o cenário: Casa do Comandante, Quartel para Soldados, Armazéns, Casa da Pólvora, Igreja, Complexo Prisional, Moinho de Vento, Casa da Guarda Central. Tudo da época dos séculos XVII ao XX.

Atualmente, ainda é utilizado como uma área militar.

Você então passará novamente pela St. Alban’s Church e o cenário é bem bonito.

Seguindo em frente, você passará pela Den Russiske Ortodokse Skt. Aleksander Nevskij Kirke, Igreja Aleksander Nevsky, única igreja ortodoxa russa em Copenhague e logo depois pela Frederiks Kirke, Igreja de Mármore.

Seguindo o mapa, você passará pelo Sølvgade Barracks, prédio que serviu como instalação militar de 1771 até 1926. Posteriormente foi sede da DSB – Danske Statsbaner Building, a Ferrovia Estatal Dinamarquesa até 2013. A partir de 2016 é utilizado como moradia estudantil da BaseCamp, acomodando mais de 400 estudantes dinamarqueses e estrangeiros.

Do outro lado da rua você verá o majestoso prédio do SMK – Statens Museum for Kunst, Museu Nacional de Arte da Dinamarca, com um acervo de mais de 250 mil peças.

E em frente, o Kongens Have, Jardins do Rei, cuja atração principal é o Rosenborg Slot, Castelo de Rosenborg, construído em 1606, parece um Castelo de Contos de Fadas. Atualmente está aberto para visitação com objetos da família real, incluindo as jóias da coroa dinamarquesa. Existem outras construções no Jardim, como a Rosenborg Barracks, que abriga a atual Guarda Real.

Escurecendo e uma Lua cheia maravilhosa para alegrar ainda mais esta noite.

A Lua, neste parque, entre as enormes árvores, foi uma imagem que não tiraremos jamais de nossas mentes.

E do outro lado da avenida, outro parque com o Geologisk Museum, Museu Geológico da Universidade de Copenhague e o Botanisk Have, Jardim Botânico.

Voltamos para casa com a certeza de que aproveitamos este dia ao máximo. 😎

Chegando em casa, um bom banho para aquecer, um jantar caseiro, organizar as coisas e cama, pois amanhã estaremos saindo de casa às 6h00, direto para o aeroporto e de lá para Oslo, Noruega, onde pegamos uma incrível nevasca com temperaturas batendo os -9°C. 😯

20171230_114728

Não perca!!!!


Se você é daqueles que adora um passeio diferente, por terra e pelo mar, observando a paisagem sob um ponto de vista privilegiado, poderá adquirir sua Excursão por Copenhague em Ônibus e Barco Hop-on Hop-off, clicando aqui. E aí você já sabe né? É válido por 48 horas, podendo descer e subir quantas vezes quiser durante este período. E aproveite o áudio disponível em dez idiomas. Além disso, não perca a oportunidade e faça seu cruzeiro com duração de 60 minutos, passando pelos canais e principais pontos turísticos da Cidade.

Poderá fazer também uma Excursão de Bicicleta por 3 Horas, passeando pelas ciclovias e pelos principais pontos turísticos da Cidade.

Você encontrará outros passeios interessantes pela Cidade, clicando aqui. Ao todo são 80 atividades, como: Excursões, Passeios e City Tour a Pé, de Ônibus, de Barco, de Bicicleta, de Segway, Tour Gastronômico, e tantas outras atividades. Basta clicar, fechar e aproveitar.

Assista abaixo, o vídeo desta aventura por Copenhague. Deixou Saudades.


Acompanhe nosso blog. Em breve estaremos postando nossas aventuras por Istambul, Capadócia, Zurique, Stäfa, Genebra, Sallanches, Megève, Saint-Gervais-les-Bains, Chamonix-Mont-Blanc, Turim, Milão, Trento, Levico Terme, Lago di Caldonazzo, Innsbruck, Vaduz e Konstanz, entre outras.

Também muitas 💡 DICAS super interessantes.

Então … não perca … siga nosso blog … 😉

Veja também estes outros posts incríveis:

LjubljanaVienaBerlimParisPraga, Veneza.

E curta estas 💡 DICAS:

Desembarcando em Istambul – Que Sufoco

Veículos Alugados que Podem ou NÃO Circular pela Europa

Cinco Razões para Viajar com Crianças Pequenas

Sem Dinheiro para Viajar?

ViajAndo® pelo nosso MENU e DESCUBRA muitas novidades …

Pensando em hospedagens, passeios e locação de veículos? Consulte nossos parceiros. Não pagará a mais por isso e terá tudo à mão. Clique nos links acima e aproveite os melhores lugares, preços e condições de pagamento.


 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s