Europa

Veneza em 2 ou 3 Dias, Sempre um Lugar Romântico

Olá ViajAndos©, pessoal que adora e curte uma viagem.

Hoje vamos falar sobre VENEZA, ultimamente o centro de um grande debate sobre Redução e Controle do Número de Turistas. 😯

Imagina uma cidade com 50 mil habitantes e 24 milhões de turistas por ano, sendo 2,5 milhões desembarcando de enormes cruzeiros e “entupindo” a Piazza San Marco, única praça e principal ponto turístico da cidade, uau!!! Algo precisa ser feito, pois a cidade começa a perder seu encanto.

Para se ter uma ideia, a UNESCO − Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura − está impondo medidas ao Governo local, a fim de evitar que a cidade seja retirada da lista de Cidades Patrimônio da Humanidade.

Um dos grandes problemas em Veneza e em outras cidades que recebem grandes navios de cruzeiro é que milhares de pessoas desembarcam na cidade diariamente, permanecendo por lá poucas horas, “entupindo as ruas” próximas aos principais locais turísticos, claro.

Com isso, o Governo local, seguindo as condições impostas, aprovou a redução gradual no tráfego dessas mega-embarcações. Por ora, o acesso ficará aberto aos navios com menos de 55.000 toneladas. Os demais serão desviados à passagem de Malamocco e atracarão no porto de Marghera, em Mestre.

Se não bastasse, em junho de 2019 o navio MSC Opera não conseguiu parar no cais e causou muito tumulto em um acidente com um barco de turismo, deixando quatro pessoas levemente feridas.

Ainda para tentar diminuir o fluxo de turistas, catracas foram instaladas nas extremidades da Ponte da Constituição e da Estação Ferroviária de Santa Lucia, a fim de controlar o número de entrada de turistas quando este estiver em excesso. Há quem diga que tal medida é somente para inibir os aventureiros.

Mas esta não é a realidade só em Veneza. Barcelona, Machu Picchu, Amsterdã e tantas outras cidades passam pela mesma situação, tentando diminuir o número de turistas. No Brasil temos controle para ir à alguns locais, como por exemplo, Fernando de Noronha. Vira e mexe, Ilhabela também trata do assunto.

Não estamos sendo pessimistas ou negativos com relação a Veneza, apenas mostrando a realidade.

Mas, de uma coisa temos certeza:

VENHA PARA CÁ, É IMPERDÍVEL. 🙂


COMO CHEGAR:

Se vier de CARRO, passando pela cidade de Mestre, ainda no continente e pela Ponte Della Libertà, estará em Veneza. Chegando na Piazzale Roma, você terá que deixar o carro em um estacionamento e seguir a pé, pois em Veneza não entra carro, nem moto, além de ser proibido andar de bicicleta, skate e afins. Estacionamos na Garage San Marco Venezia, muito fácil de encontrar.

Vista do último andar do prédio Garage San Marco

Se chegar de TREM, será pela Stazione di Venezia Santa Lucia. Aqui chegam trens de praticamente todas as grandes cidades italianas e outras tantas cidades europeias.

Pesquise sua passagem aérea aqui. Se vier de AVIÃO será pelo Aeroporto Marco Polo e de lá poderá chegar a Veneza (14 km) utilizando os seguintes meios:

  • ônibus terrestre ⇒ €8 por pessoa;
  • traslado de ônibus sem paradas e com wi-fi ⇒ a partir de €8 por pessoa;
  • ônibus aquático (alilaguna) com várias linhas, trajetos e paradas diferentes, então verifique qual a parada mais próxima do seu hotel ⇒ €15 por pessoa;
  • taxi terrestre com valor variado;
  • taxi aquático compartilhado com capacidade para até 10 ou 12 passageiros e custo a partir de €32 por pessoa. Te deixará na “porta” do seu hotel ou muito próximo dele.
  • taxi aquático privativo que deverá ser reservado com antecedência e você será recebido na saída do aeroporto com aquela plaquinha com seu nome impresso e não terá trabalho algum. Apesar do custo elevado (a partir de €195 por grupo), vale a pena se levar em consideração a facilidade após uma longa viagem de avião.

Screenshot_20171208-224519 cortado

Com exceção do taxi aquático, os outros te deixarão próximo ou na Piazzale Roma, na entrada da cidade. E de lá ao seu hotel será a pé ou de taxi aquático. A pé terá que carregar suas malas, passando por dezenas de pontes sem rampas, só degraus. E aqui já vai a 💡 dica: ou mochila ou mala de mão bem leve para não se estressar de cara nesta maravilhosa cidade. E não se esqueça, tem a volta. 😎 A acqua alta também pode ser um problema, falaremos sobre ela mais à frente.

Como estávamos de carro, deixamos as malas no carro e levamos apenas uma de mão e uma mochila para nós três. Uau, foi muito bom. Aqui vai um detalhe, a chave do carro fica no carro. Vamos confiar né?!?!?!


ONDE FICAR:

Esta sempre é uma boa pergunta. Se olhar o mapa abaixo, verá que a Estação de Trem de Veneza está marcada com o ponto em vermelho e muito próximo dali estão os estacionamentos e terminal de ônibus e taxi. Ou seja, dali só a pé ou taxi aquático.

Repare também no mapa o Grand Canal que faz um “S” invertido. No final do “S” está a Piazza San Marco, que com certeza você irá.

Screenshot_20171208-224922 cortado

Optamos por ficar em um apartamento – Art Apartments Venice – próximo (500m) da Piazzale Roma, pois já que por aqui se anda muito neste “labirinto”, sujeito a se perder algumas vezes (o que é uma delícia) e com pouco tempo que tínhamos, seria mais aproveitável.

Esta rede de apartamentos em Veneza tem diversas unidades espalhadas pela cidade, então escolha o local mais adequado para seu grupo.

Caso esta hospedagem não seja adequada ao seu grupo, clique aqui e encontre apartamentos, hotéis, pousadas, B&B, casas de temporada, albergues, casas compartilhadas ou de família, podendo até se hospedar em um barco. 😎


O QUE FAZER:

1° Dia:

Como é o dia da chegada, deixamos nossas coisas em casa e saímos em direção a Stazione di Venezia Santa Lucia. Tomamos um sorvete maravilhoso por ali. Depois continuamos andando pela “rua principal”, passando por diversas pontes, hoteis, lojas, cafés, restaurantes e igrejas, claro.

Veneza é composta por 118 ilhas muito próximas, recortadas por 150 canais e 455 pontes. 😎 

Se você tem dois ou três dias na cidade, conheça neste primeiro dia o entorno de sua hospedagem e aproveite até a noite.

Tivemos um final de tarde incrível.

Amanhã sair bem cedo. Andar, nos perder até chegar na Piazza San Marco. 🙂

Qualquer passeio, transporte para ilhas, reservas em restaurantes, entradas exclusivas em museus e catedrais, além de tour guiado em diversos idiomas e excursões, clique aqui e descubra o que tem de possibilidade na cidade. São mais de 400 opções.


2° Dia:

Acordamos cedo, tomamos nosso café da manhã e saímos em direção a Piazza San Marco. Não é tão distante, mas no meio do caminho tem tanta beleza que você vai andando e curtindo.

Seguimos (tentamos seguir) o roteiro abaixo e, claro, nos perdemos 🙂 mas é muito divertido, porque logo você encontra o caminho novamente. É sensacional.

Parece um labirinto. E é! Muito fácil se perder entre as ruazinhas. Ponte para todos os lados. Água à esquerda e à direita. Sem qualquer proteção na maioria dos canais. Então cuidado com os pequenos.

“Se vier a Veneza e não passear de gôndola, você não veio a Veneza”. Então, logo no início de nosso passeio, pegamos uma gôndola. É verdade, a frase faz todo sentido. É caro, mas inesquecível. Uma sensação sem igual. Além do que é extremamente romântico. 😎 E os canais estavam bem vazios neste horário, então deu para aproveitar muito. NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE e reserve já seu passeio de gôndola para até seis pessoas. 

Construções antigas, incrustadas nas rochas, com a água batendo nas paredes laterais. Cestinhas de flores nas janelas. Itália né??????? “Tutto molto bello”!

Independente da localização de sua hospedagem, você chegará a Piazza San Marco e consequentemente a Basilica di San Marco, o Palazzo Ducale e o Campanario de la Basilica que se ergue a um lado da praça.

E encontrará também a Biblioteca Nazionale Marciana, o Museo Archeologico Nazionale di VeneziaProcuratoria della Basilica de San Marco, Logetta, o Giardini Reali, Museo Correr, entre outros.

Não perca no caminho as famosas Pontes de Rialto e dos Suspiros.

Em frente ao Giardini Reali você poderá pegar uma balsa e atravessar o Grand Canal chegando a Basilica di Santa Maria della Salute. E, de lá, voltar até a Piazzale Roma, se perdendo um pouco mais pelo caminho. 😆

37

O Sol se pondo em tons de laranja, vermelho e azul. Os gondoleiros, barcos, lanchas passando vagarosamente pelo mar. Belíssimo.

Ficamos com a sensação de que as pessoas correm de um lado para outro com suas malas. Uns indo, outros vindo. Malas e mais malas. É um movimento impressionante.

Tudo muito caro, claro. Mas um lugar maravilhoso para passar alguns dias.

Andamos muito, curtimos muito e foi maravilhoso ter vindo conhecer esta cidade. A Silma disse que foi o lugar mais bonito que já conheceu. Não é para menos. Fantástico!!!!!!!


3° Dia:

Poderá pegar uma balsa até a ilha de Murano, local famoso pelas obras em vidro, particularmente objetos decorativos e candeeiros. Uma vez lá, visite o Museo Vetrario.

Poderá visitar também as ilhas de Torcello e Burano.

E olha o mapa. Parece pequena, mas a cidade é bem grande.


Já ouviu falar em Acqua Alta? É um fenômeno que ocorre com frequência na cidade, quando a maré sobe muito (superior a 90 mm acima do nível normal da maré), provocando enchentes nos locais mais baixos, como a Piazza San Marco nas fotos. A enchente já chegou a alagar 96% da cidade, mas isso é bem raro. E eles estão preparados e montam os caminhos com placas para as pessoas andarem. 😯 E a foto da direita, Veneza alagada no Réveillon. Calma, dará tudo certo. 😎


Acompanhe nosso blog e nossas aventuras por Paris, Tallinn, Estocolmo, Copenhague, Oslo, Reykjavík, Londres, Bruxelas e outras.

Também muitas 💡 DICAS super interessantes.

Veja também estes outros posts bem legais:

LjubljanaVienaBerlimDresdenPraga, Brun.

E curta estas 💡 DICAS:

Veículos Alugados que Podem ou NÃO Circular pela Europa

Cinco Razões para Viajar com Crianças Pequenas

18 Passos para Juntar Dinheiro e Realizar o Sonho de Viajar para o Exterior

Comprando Passagens Aéreas

Viaje no nosso MENU na página principal … muitas novidades por lá …

Pensando em hospedagens, passeioslocação de veículos? Consulte nossos parceiros. Não pagará a mais por isso e terá tudo à mão. Clique nos links acima e aproveite os melhores lugares, preços e condições de pagamento.


 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s